Aécio acerta ao demonstrar a monstruosidade moral cometida pelo PT contra a funcionária do Santander

Aecio-Neves-Foto-George-Gianni-PSDB-11

Na guerra política, se nosso adversário comete uma atrocidade, devemos expô-la com assertividade, sob o risco de se não fizermos isso sermos coniventes com o barbarismo.

Ocorre que em conflitos o cérebro humano entende as comunicações tanto de indignação como de complacência em direção a uma indignidade. Quando nós não somos assertivos ao criticar uma monstruosidade, acabamos sub-comunicando que o perpetrador da barbárie “pode estar correto”. Em outras palavras, se deixamos de apontar algo como inerentemente imoral e apenas dizemos “parece meio erradinho, não?”, podemos termina ajudando algum crápula por aí.

Tempos atrás eu dei coaching a uma analista que vivia tomando “bola nas costas” de um gestor de produto, que sempre a colocava em maus lençóis. Ele jamais formalizava suas solicitações de mudança, e, ingenuamente, a analista jamais o fazia formalizá-las. Resultado: quando o projeto afundava, a culpa era da analista. Quando eu a questionei, ela disse: “É, esse gestor não tem jeito mesmo, né?”. Eu me indignei, dizendo: “Você não pode encarar dessa forma, com tal conformismo e conivência. Ele está afundando sua carreira!”. Ela foi melhorando, ao ponto em que eu fiquei orgulhoso quando ela recusou implementar novos requisitos sem o cliente formalizar por e-mail a mudança, se responsabilizando pelos impactos na entrega.

Então é assim: ou somos assertivos no momento de demonstrarmos nossa indignação com algo que consideramos errado ou então devemos reconhecer termos colaborado para que as vilezas aconteçam.

Por sorte, Aécio Neves tem sido mais assertivo ultimamente, como quando falou que o Santander apenas explicitou ceticismo do mercado. Veja mais, conforme matéria do Globo:

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, criticou nesta segunda-feira (28) a reação da presidente Dilma Rousseff e do PT no episódio da carta enviada pelo Santander a clientes de alta renda, na qual o banco sugeria uma piora do cenário econômico com eventual reeleição de Dilma.

Para Aécio, não há interferência dos mercados no sistema político e eleitoral. Segundo ele, o que o extrato enviado pelo banco fez foi apenas explicitar um ceticismo geral do mercado com relação ao atual governo.

“Não adianta o dirigente partidário questionar, cobrar demissões dentro de uma instituição financeira porque teriam que demitir praticamente todos os analistas de todas as instituições porque todos eles são muitos céticos em relação ao cenário da economia brasileira se continuar o atual governo. O que o Santander fez foi explicitar isso”, disse o tucano, em entrevista a jornalistas, em São Paulo.

Ele falou sobre o tema após participar de encontro com empreendedores sociais na Zona Sul da capital paulista.

Mais cedo, Dilma falou sobre o episódio envolvendo o Santander e afirmou que tomaria atitude “bastante clara” em relação ao banco.

Para Aécio Neves, não é adequado “pedir que cabeças rolem”. “A resposta adequada não é a de questionamento de uma nota ou pedir que cabeças rolem. A resposta adequada do governo seria garantir um ambiente estável, de confiança, regulado, para que o investimento pudesse voltar ao país para que a inflação pudesse ser controlada, para que tivéssemos um crescimento da economia que não fosse o pífio que estamos vivendo”, acrescentou.

O candidato não quis comentar sobre o que achou do envio da nota para o segmento de clientes mais ricos do banco, mas disse concordar com a análise feita pelo analista do Santander.

“Infelizmente, para o Brasil de hoje, quanto mais provável, eventualmente, estiver a reeleição da presidente, os indicadores econômicos serão piores”, afirmou Aécio, acrescentando que, na sua opinião, um avanço maior dos candidatos de oposição nas pesquisas tende a melhorar as expectativas em relação ao futuro da economia.

Sim, eu sei que ele não foi tão assertivo quanto eu seria. Mas ele é candidato e eu não. Pelo menos, o recado está dado.

Agora é o momento onde apenas a constatação de uma imoralidade não é o suficiente. Estamos em um momento para muita, mas muita indignação em relação a fato de um governo ter pedido demissão de uma funcionária que apenas falou o óbvio ululante.



Categorias:Outros

Tags:, , , , , , , , ,

21 respostas

  1. O ideal seria que ele dissesse: “Chegamos ao estágio de autoritarismo em que o governo começa a ameaçar a iniciativa privada para cortar cabeças e realizar demissões apenas por causa de uma crítica. Em breve virão a intimidação física, as expropriações e as prisões. Mais quatro anos desse governo e todos os empresários serão obrigados a jurar fidelidade à estrela vermelha”.
    Mas, tendo em vista que o candidato em questão é um tucano, seria esperar muito. Pelo histórico desse partido acovardado, o que ele disse está até de bom tamanho.

    Curtir

    • Uma ruptura tão grande de um discurso médio pode ser perigosa. Veja o exemplo do Bolsonaro, o quanto ele foi atacado por ter uma opinião um pouco fora do padrão… é, o esquema das tesouras, e aquela coisa toda…
      Sem contar que ele nem de direita é.

      Curtir

      • O PSDB é um partido de bundões. Lembra quando o Índio da Costa denunciou a associação do PT com as FARCs por meio do Foro de São Paulo o que aconteceu com ele? Foi criticado até mesmo por aquele pilantra do José Serra. Depois disso eu prometi que nunca mais iria votar no PSDB e tenho vontade de cuspir na cara do frouxo do Serra.

        Curtir

      • O Serra NASCEU PARA PERDER. Perdeu até eleição da capital de São Paulo.

        Mas não vejo o Aécio baixando a guarda desse jeito.

        Abs,

        LH

        Curtir

    • Sou ignorante nesse assunto, mas imagino que se ele fosse tão assertivo assim, Julio, ele sofreria alguma consequência negativa prevista na pela lei eleitoral ou em alguma de suas brechas. Gostaria que alguém mais entendido do assunto pudesse me dizer se minha imaginação está andando por caminhos corretos, ou simplesmente viajando na maionese.

      Amigos, existe algum partido ou candidato de direita no Brasil? Tudo o que vejo é “mais à esquerda” e “ligeiramente menos à esquerda”. Será que não há nenhuma esperança para este país?

      Curtir

  2. Isso é inacreditável. Um ato claro de totalitarismo onde a realidade não pode mais ser exposta pra não prejudicar o partido. Onde isso vai parar?

    Curtir

  3. Tem um texto ótimo pra refutar aqui, Luciano: http://oglobo.globo.com/cultura/cristo-nao-cristo-13315382

    Tony Bellotto vai ao cúmulo de querer usurpar o direito da Arquidiocese do Rio, passando por uma comparação retardada do Cristo bíblico, “raivoso” segundo ele, com o Cristo Redentor, “tolerante”.

    Prato cheio pra você…

    Curtir

  4. Claro que PT nunca! Mas vamos falar sério! Enquanto o PT e tudo quanto é bandido da América do Sul se reúne e se fortalece, o PSDB insiste na via das idéias, dando ao seu adversário uma honra que ele não tem, não merece e, pior, totalmente incabível neste momento. Notem bem, a Rachel do SBT foi censurada sob ameaças de dinheiro público. No mínimo, isso seria crime de improbidade administrativa, no mínimo hein?

    Porém, algo aconteceu? Evidente que não.

    Quanto aos rios de dinheiro encaminhado a Cuba, seja para compra de helicópteros, construção de obras públicas e etc. Algo foi falado? Evidente que não.

    Cadê os senados e deputados do PSBD. Quando chiam é apenas uns gatos pingados ué.

    Vergonhosa essa postura do PSDB

    Curtir

  5. “Sim, eu sei que ele não foi tão assertivo quanto eu seria. Mas ele é candidato e eu não. Pelo menos, o recado está dado.”

    Justamente por este motivo é que ele deveria ser. Vê se o PT fica medindo palavras para tratar os adversários.

    Curtir

  6. Recado dado. Pelo visto Aécio percebeu a demanda, notou que se por um lado a esquerdalhada brasileira toda com sede de mais Dilma, tem um outro mercado, uma outra via que ele pode vir, nós estamos sendo reconhecidos como público e podemos ser mais ainda.

    Hoje vieram me dizer que era justo a demissão da funcionária, pois fez cagada ao emitir uma carta dessas.
    Cagada?

    Ela emitiu uma mensagem PRIVADA, aos SEUS clientes, clientes de uma instituição PRIVADA.

    Onde fica a LIBERDADE DE EXPRESSÃO? É isso que está sendo violado nesse caso.

    E mesmo que ela tenha cometido um equívoco, já pedir a cabeça da mulher por causa disso é uma coisa que esquerdista adora criticar: frieza capitalista, “FEZ MERDA, VAI PRA RUA”. Quem são os verdadeiros tiranos, eles ou o empresariado?

    Curtir

  7. Entrevista com o dono do canal do otário:

    Curtir

  8. Durante a sabatina da Folha de SP com a candidata Dilma, eis que surge uma questão sobre dinheiro “em especie” guardado em casa.

    Reparem no “body language” …

    De onde veio o dinheiro, Dilma ?

    Devem ser “sobras do cofre do Ademar” , sabe como é, “cumpanherô tb passa perna em cumpanherô”, é só perguntar para o Fidel o que ele acha do Brizola …

    Sensacional esse resumo da sabatina !!! Mais uma criação do “É mentira do PT”

    Pérolas e mentiras de Dilma na Sabatina da Folha !

    Novamente sendo traída pelo “body language”.

    Não dá para acreditar que uma pessoa tão despreparada mentalmente, pode ter sido lider de qualquer coisa na epoca da ditadura …

    Curtir

  9. Eita PT sem limites e antidemocrático.
    Esse é o último ano do partido mais corrupto e maléfico que já houve na história do Brasil.

    Curtir

  10. Eu nao gostei Luciano Ayan quando Aecio sugere a Dilma, mudar a atitude e… Veja: “A resposta adequada do governo seria garantir um ambiente estável, de confiança, regulado, para que o investimento pudesse voltar ao país para que a inflação pudesse ser controlada, para que tivéssemos um crescimento da economia que não fosse o pífio que estamos vivendo”, Ora , sem que ele de sugestoes ela ja copia tudo o que ele faz, imagine com a dica que ele deu.

    Curtir

  11. Meio off-topic ao texto, queria mostrar ao povo este site:

    http://www.votehoje.com.br/home

    Agora, 21:20 de 30/07 Aécio ganharia com 74% dos votos. Dilma amarga com 5%, atrás de Campos e Pr. Everaldo Pereira.

    É óbvio que o site tem vários furos, o principal é permitir mais de uma vez o voto. E a MAV petista ainda não descobriu ele. Mas serve para termômetro do pessoal que frequenta a internet.

    Curtir

  12. O florista foi ao barbeiro para cortar seu cabelo. Após o corte perguntou ao barbeiro o valor do serviço e o barbeiro respondeu: Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana. O florista ficou feliz e foi embora. No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um buquê com uma dúzia de rosas na porta e uma nota de agradecimento do florista. Mais tarde no mesmo dia veio um padeiro para cortar o cabelo. Após o corte, ao pagar, o barbeiro disse: Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana. O padeiro ficou feliz e foi embora. No dia seguinte, ao abrir a barbearia, havia um cesto com pães e doces na porta e uma nota de agradecimento do padeiro. Naquele terceiro dia veio um deputado para um corte de cabelo. Novamente, ao pedir para pagar, o barbeiro disse: Não posso aceitar seu dinheiro porque estou prestando serviço comunitário essa semana. O deputado ficou feliz e foi embora. No dia seguinte, quando o barbeiro veio abrir sua barbearia, havia uma dúzia de deputados fazendo fila para cortar cabelo. Essa é a diferença entre os cidadãos e os políticos. “Os políticos e as fraldas devem ser trocados frequentemente e pela mesma razão.” (Eça de Queiróz)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.588 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: