Pe. Paulo Ricardo e a melhor definição que já vi sobre ideologia…


@
As vezes me perguntam: “Como pode um ateu como você se aliar a religiosos em determinados momentos?”. Motivo: a intelectualidade não se define por religiosidade ou ausência de religiosidade, mas, diante de uma opção irracional (teísmo ou ateísmo), ser capaz de agir com racionalidade ou irracionalidade em relação aos eventos do mundo passíveis de observação empírica.

Assim, eu seleciono as pessoas que admiro por sua intelectualidade, e não pelo fato de alguém acreditar em Deus ou não. Este é um ponto onde me diferencio radicalmente dos neo-ateus.

Entre autores sábios que já escreveram sobre a religião política incluo John Gray, Arthur Schopenhauer, David Hume, Eric Voegelin, Olavo de Carvalho, Isaiah Berlin e Michael Oakeshott, e não faço distinção se eles são teístas ou não para avaliar seus bons argumentos sobre a religião política. (Que são os argumentos que me interessam)

Mesmo que eu tenha em minha biblioteca muito conteúdo crítico sobre os devaneios da esquerda, o Pe. Paulo Ricardo se superou da média em sua análise coesa a respeito do que é o socialismo, assim como das mentiras e truques desta ideologia que, além de tudo, é extremamente elitista, em prol dos poderosos e contra os oprimidos.

Esta aí a ilustração de uma de minhas razões para superar o neo-ateísmo, ao julgar os humanos por sua capacidade, ao invés de julgá-los por critérios tão obtusos como “se é teísta, não vou ouvir, mas se for ateu, deve ser bom”.

Enfim, o vídeo de Pe. Paulo Ricardo garante 10 minutos de uma sabedoria valiosíssima, que deve ser internalizada na mente de qualquer um que queira atacar o esquerdismo.



Categorias:Outros

Tags:, , , , , ,

17 respostas

  1. ** provocações de parquinho em resumo

    1. eu não levo este blog a sério, venho só para dar risada, mas faço questão de vir aqui dizer isso
    2. a direita já acabou, eu só digo que acabou todo dia para … sei lá pq… mas que acabou, acabou… luciano, não esqueça que a direita acabou
    3. nossa vitória (comunista) está garantida, não sei pq o luciano ainda tenta
    4. eu venço sempre
    5. comunismo vence sempre
    6. stalin wins
    7. chora de desespero aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
    8. pol pot wins
    9. mensalão rules!
    10. o povo unido jamais será vencido
    11. a dialética marxista não pode ser vencida pq é científica, como mostrei

    Curtir

  2. Volto a bater em uma tecla importante: o padre Paulo Ricardo é dos que melhor consegue explicar conceitos complicados como os do marxismo cultural de uma maneira simples, seja por via falada ou escrita. Observe-se que ele sempre fala tudo com muita calma, com entonação que não dê margem a que o fiquem julgando por coisas externas ao conteúdo que prega e, principalmente, não cai no caricaturesco de usar termos como “estulto” e expressões em francês ou latim. É muito importante que quem combata o marxismo-humanismo-neoateísmo saiba usar a linguagem do povo e a aplique de uma maneira adequada, até porque o povo aprecia aquilo que for classudo. Mesmo quando ele está sendo severo, observe-se que ele não usa um tom de voz agressivo.

    Curtir

  3. Neste vídeo, o Pre. Paulo se superou no melhor dos sentidos.
    Grato pela postagem.
    Fui!

    Curtir

  4. Padre Paulo é uma das maiores frentes contra o marxismo. O curso dele presente no youtube chamado “Marxismo Cultural e Revolução Cultural” é uma das melhores fontes sobre o assunto. Deixo aqui para quem quiser:

    Curtir

  5. Este vídeo sobre marxismo cultural também é ótimo. Já tinha visto aqui mesmo num dos textos do Luciano Ayan.

    Curtir

  6. Sim, o vídeo é bom. Explica de forma didática e simples os estragos do marxismo em nossa economia e cultura. Tenho, porém, uma pequena objeção. Discordo quando ele diz que a genialidade de Marx é para o “mal”, pois, ao meu ver, essa cousa de “bem” e “mal” não existe. Essa dicotomia maniqueísta, que a Igreja Católica adora usar, é fantasia. Já que, o que existe na verdade são lados, os mais diversos lados que hoje existem, cada um com sua “ideologia”.

    Outra cousa que eu noto e que eu acho que não deveria ter bandeira política é o tal do infame aborto. Sim, eu sei, esse tema virou mais uma roupagem ideológica da esquerda, eu creio que, contudo, o aborto deveria ser legalizado. Ora, com ou sem lei que ampare legalmente o aborto, isso não impedirá ou incentivará alguém a fazer o aborto. Como p. ex., na Noruega o aborto é legalizado, em qualquer caso, até a 12º semana de gravidez e ninguém vai lhe apontar o dedo e te chamar de “assassino”, como, corriqueiramente, aqui acontece. Não quero levantar polêmica sobre o assunto, mas essa é minha opinião.

    Curtir

    • “Discordo quando ele diz que a genialidade de Marx é para o “mal”, pois, ao meu ver, essa cousa de “bem” e “mal” não existe.”

      É esse tipo de relativismo que permite à esquerda mentir, enganar e pilhar o maior número de mortos possíveis através dos anos e da história. “Bem e mal” embora possam ser relativizados por pontos de vista e perspectivas diferentes, continuam sendo dados objetivos, de uma moral objetiva. Afirmar pura e simplesmente que isso é ” dicotomia maniqueísta católica” não chega nem a formalizar um argumento válido, quando nos lembramos que Stalin e Hitler mataram milhões… ..sendo assim eu pergunto….

      Se não existe bem ou mal…posso dizer que Stalin foi um herói? Santo? Bom? um homem de caráter?

      “Ora, com ou sem lei que ampare legalmente o aborto, isso não impedirá ou incentivará alguém a fazer o aborto.”

      Em que dados você baseia essa afirmação? Te pergunto isso, porque eu possuo informação contrária, de que o índice de abortos aumenta exponencialmente à legalização.

      Aliás esse aumento exponencial verifica-se como padrão onde quer que aborto seja legalizado. Essa é uma das afirmações do próprio “pai do aborto”, que hoje é pró-vida.

      Curtir

      • ►Se não existe bem ou mal…posso dizer que Stalin foi um herói? Santo? Bom? um homem de caráter?

        -Sim, Stalin é um herói para os comunistas que hoje o veneram, assim como Hitler é um herói para quem hoje o venera. Acredite, há pessoas que veneram esses parvos. Quando disse “dicotomia maniqueísta católica”, eu disse isso baseado no fato de ele ser padre, tal dicotomia pode ser encontrada em outros polos ideológicos, não apenas na Igreja Católica. Os esquerdistas, p. ex., também possuem esse tipo de visão maniqueísta. O meu ponto é, independente de quem usa esse tipo de visão maniqueísta, quem usá-la estará errado ao meu ver. Pois o mundo não divide-se entre o “bem” e o “mal”, há muitas ideologias a serem levadas em conta, muitos tipos de pensamentos e vários modos de agir. Portanto sim, essa visão de “bem” e “mal” é relativa ao polo ideológico em que você está situado, o mundo é muito mais complexo do que essa visão dicotômica.

        Óbvio que eu jamais suportaria pessoas que veneram Hitler ou Stalin, eu as considero como rivais ou inimigas, do meu ponto de vista, assim como eles me consideram um rival ou um inimigo. E isso porque nós não estamos do mesmo lado.

        ►Em que dados você baseia essa afirmação?

        Nenhum. Apenas levantei uma opinião própria, como disse. Anyway, grato pelos dados, gosto de ouvir argumentos dos dois lados. Ainda estou estudando esse caso do aborto, analisarei com cuidado esse vídeo quando eu possuir um pouco mais de tempo.

        Curtir

      • “Óbvio que eu jamais suportaria pessoas que veneram Hitler ou Stalin, eu as considero como rivais ou inimigas, do meu ponto de vista, assim como eles me consideram um rival ou um inimigo. E isso porque nós não estamos do mesmo lado.”

        Você está pressupondo pessoas normais venerando Hitler ou Stalin, eu não sei se é bem por ai, esse tipo de sujeito ou está totalmente enganado dentro do seu movimento ou é simplesmente uma pessoa com problemas mentais, não é hipérbole classificar muitos deles como psicopatas. Não é por existirem pessoas que dão apoio ao pior sujeito que já existiu que tudo passa a ser ponto de vista. Se eu acredito em bem e mal absolutos não é nenhum exagero classificar algo como “bom” ou “mau”.

        Curtir

  7. O canal Porta dos Fundos já tinha dado um argumento fatal no aborto, e agora dá uma sacaneada homérica nos esquerdistas. Imperdível: http://www.youtube.com/watch?v=T3UiOCry06w

    Curtir

  8. Luciano, só para constar e ainda falando da Igreja Católica, imagino eu que você tenha visto esta notícia sobre o novo Código Penal do Vaticano. Ele reforçou as punições para pedofilia e aliciamento de menores e criminalizou a tortura (aqui creio eu que tornando escrito algo que na prática já acontecia).
    Logo, vou imaginar que o papa Francisco não hesitará em cortar na própria carne se preciso for, mas está fazendo as reformas com base em uma forte diplomacia. Seu papado ainda está no começo, mas é preciso perguntar se ele fará alguma coisa prática para combater o gramscismo, ainda mais que já conheceu na prática uma de suas vertentes mais radicais (o bolivarianismo-kirschnerismo).

    Curtir

  9. Luciano, você viu que está faltando pão em um dos maiores produtores de trigo do mundo? Pelo visto o Brasil vai precisar dar um gás nas pesquisas da Embrapa para se achar um trigo capaz de ser plantado em latitudes mais elevadas e considerar a adição de fécula de mandioca na farinha de trigo (aqui, sem problemas por ser produto sem sabor).

    Curtir

  10. Artur…

    “Sim, Stalin é um herói para os comunistas que hoje o veneram, assim como Hitler é um herói para quem hoje o venera”

    era altamente previsível que vc dissesse que stalin seria herói para os comunistas — aliás, eu esperava essa resposta– assim como hitler para os nazistas….porém…esquerdistas, nem nazistas são pessoas normais dado o alto grau de relativismo moral que sua ideologia emprega (e isso é um outro dado objetivo). Logo eles não podem ser referência, ou base de qualquer comparação quando o assunto é um dado objetivo de julgamento moral.

    Em uma avaliação prática da REALIDADE, pode-se dizer que os esquerdistas estão certos em afirmar que Stalin era herói, e o padre (conhecendo a ideologia) está errado em afirma que Marx, é mal? Ou não existe certo ou errado?
    —–

    “Quando disse “dicotomia maniqueísta católica”, eu disse isso baseado no fato de ele ser padre, tal dicotomia pode ser encontrada em outros polos ideológicos, não apenas na Igreja Católica. Os esquerdistas, p. ex., também possuem esse tipo de visão maniqueísta.”

    Minha pergunta foi feita para induzi-lo ao erro…pois nesse caso, para validar sua afirmação acima, teríamos que demonstrar que a crença religiosa é uma ideologia ( o que foi contestado pelo padre no ínicio do vídeo sobre ideologia). Mas mesmo que muitos discordem, minha afirmação em contraposição à sua é muito simples…

    Existe o maniqueísmo, e existe a afirmação baseada em dado objetivo.

    —-

    ” Portanto sim, essa visão de “bem” e “mal” é relativa ao polo ideológico em que você está situado, o mundo é muito mais complexo do que essa visão dicotômica.”

    Para demonstrar com maior clareza o que é um dado moral objetivo, vou te dar um exemplo até mais simples…

    Um desconhecido invade a sua casa, com intenções óbvias de estuprar as mulheres que moram com vc, seja mãe, filhas ou esposa. Em que tipo de valor vc baseia, que esse cidadão é uma ameaça? em que tipo de julgamento vc baseia que ele é um perigo à vida das pessoas da casa, e não apenas um cara querendo se divertir?
    Preste atenção à pergunta…no contexto de uma avaliação prática de moral objetiva, não há relativização alguma a ser feita neste exemplo. Ou vc simplesmente o encara como a pessoa ruim que ele é, o que demandará uma série de ações suas (que poderão se relativizadas como boas ou ruins por OUTROS), ou simplesmente vc deixa o cara entrar em sua casa e fazer o que ele quiser, para que vc não adote uma visão maniqueísta, e nisso coloque outras pessoas além de você em risco iminente.

    O mundo é por muita vezes mais simples, do que pensamos que ele seja. Por outro lado…vamos retirar vc dessa equação….vamos supor que ele tenha invadido a MINHA casa….será que vc consegue adotar uma visão relativista, que visa explicar que o estranho tem desejos sexuais a serem atendidos, e por isso é justificável que invada minha casa, para fazer o que bem entende? sim é possível….mas há de se considerar a perda de valor moral, pra quem realiza tal tipo de defesa (assim como quando esquerdistas relativizam não apenas o crime, como o criminoso).

    Novamente….estou falando de pessoas normais, e moral objetiva. Escrevi tudo isso pra lhe dizer que quando o padre afirma que Marx é do mal, ele não está sendo maniqueísta…ele simplesmente está referindo UM DADO OBJETIVO e concluído a partir do estudo da ideologia….esse é o ponto onde eu queria chegar. Eu julgo que seja importante reconhecer essa diferença.

    Retirando a religião da questão, a própria evolução humana imprime uma moral objetiva — que permite definições claras sobre o que é bom, ruim, bem e mal. É uma das coisa que determina que assassinar é ruim…embora em diversas hipóteses e perspectivas ele seja relativizado até mesmo tolerado…NUNCA é visto como a norma.

    Não me leve a mal andré em responder a vc, e escrever bastante 🙂

    Curtir

  11. Eu não tinha lido a resposta do pecador pro Arthur ainda, senão não teria dado minha resposta tão incompleta. kk

    Curtir

  12. Uma pessoa que aprende com os próprios erros é uma pessoa inteligente. Mas uma pessoa que aprende com a sabedoria dos outros, com os acertos na base da “tentativa-e-erro” do próximo, para encurtar caminho para suas próprias decisões, este sim é um gênio.
    Por isso sou fã do religioso Pe. Paulo Ricardo e do ateu Luciano Ayan.. e de tanta gente boa que tem por aí… Sem distinção. Só distinguo entre trevas e luz.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: