Guerra Política 2014 – 7 – Resumo da baixaria alheia

dilma_posto_jacy0165100

Imagine que você esteja no Comitê de partidos como PSB e PSDB se defrontando com um dilema:  o PT tem mais tempo de TV do que todas estas coligações somadas. Como fazer para refutar todas as mentiras petistas se eles tem um tempo tão maior de televisão? Precisamos de uma técnica diferente que requer alto poder de síntese.

***

Por exemplo, acabei de assistir o programa de Dilma Rousseff onde ela citou o programa Mais Médicos. Ela gastou uns 2 a 3 minutos para falar das maravilhas do programa. Tudo, é claro, sem citar qualquer elemento da polêmica dos escravos. Mas o fato é que o programa de TV, em termos técnicos, foi bem feito, mesmo que mais falso que propaganda de pasta de dente.

Algum candidato deveria gastar o mesmo tempo para derrubar as mentiras do PT? Nem de longe, pois o tempo de TV é precioso e muitos dos candidatos nem sequer possuem este tempo.

A solução é refutar tudo de forma resumida. Como exemplo:

O PT esperou 11 anos para começar o programa Mais Médicos. Nesse meio tempo, deixou a população sofrendo, lutou contra a criação de novas vagas em cursos de medicina e contra a carreira pública para médicos. Se existem tantos médicos no programa do governo, por que o PT deixou a população tanto tempo sem assistência?

Note que este tipo de constatação os complica definitivamente. A própria mensagem dizendo “trouxemos X médicos do exterior” fica comprometida.

Este tipo de contra-ataque funciona pois trata de um tema para o qual o PT está usando muito tempo e não há tempo suficiente para gastar em retorno com uma resposta. É preciso de algo mais sucinto que até contemple a mensagem anterior para que ela seja demolida e neutralizada em seguida, sempre com a moralidade do oponente sendo colocada em xeque.

***

No mundo corporativo isso ocorre o tempo todo. Muitas vezes alguém é incentivado a falar por longos minutos em uma apresentação, para, lá no final, outro aparecer e contradizer todos os números. Neste caso, a quantidade de tempo usada pelo enrolador poderá ser usada contra ele. Algo como: “Você falou muito, e até fez uma apresentação impressionante, gastando nosso tempo, mas seus dados estão distorcidos em todos os slides!”. A lição é simples: o tempo de arena de alguém é útil desde que do outro lado não existam pessoas capazes de refutar de forma resumida os seus deslizes. A arte está na refutação de forma resumida diante de alguém com muito mais tempo de arena que você.

***

Ainda voltando ao exemplo do programa sobre o Mais Médicos, poderia ser dito:

Quem não conhece a história da saúde pode até ficar impressionado quando Dilma abraça cidadãos que agora tem atendimento médico. Mas por que o governo do PT os deixou sofrendo por 11 anos? Por que só agora fizeram algo? Isso não é crueldade demais? Para piorar, os médicos cubanos voltarão para Cuba depois de 3 anos. E o povo continuará sofrendo.

Pronto! Três minutos do PT complicados em uma mensagem que não chega a 1 terço do tempo original.

***

Uma forma de se exercitar esta arte é gravar 10 minutos do programa do PT onde eles falam sobre suas realizações. Em seguida, tente criar uma macro-refutação  que possa ser retransmitida em no máximo 3 minutos. Ou seja, você está atacando de forma resumida um discurso muito mais longo. Mas sempre lembre de não deixar nenhum ponto em aberto e não se esqueça de apontar todas as depravações morais do outro lado. A arte aqui se baseia na síntese.



Categorias:Outros

Tags:, , , , , , , ,

2 respostas

  1. [marqueteiro-tucano mode on]

    Não vamos partir para ataques, vamos mostrar que temos propostas!!

    [marqueteiro-tucano mode off]

    É a falácia-mor da disputa eleitoral. E a oposição cai. Por quê? só queria entender porquê!!!

    Curtir

  2. Acredito que uma boa maneira de persuadir o eleitor a questionar sobre o governo do PT é justamente jogando esses temas em fora de perguntas retóricas, como bem exemplificado no texto. Não entendo qual é a dificuldade da oposição fazer isso. Aos olhos e ouvidos de muito eleitor, essas questões levantadas passam a trabalhar como pulgas nas orelhas. É difícil ficar indiferente quando problemas duvidosos são levantados.

    Acho que a oposição tem que trabalhar mais com o “você sabia?”. Por exemplo, “Você sabia que tantas pessoas de confiança da presidente foram presas por corrupção durante seu mandato?”; “Você sabia que existem obras iniciadas nos primeiros anos do governo Lulla – sim, há 12 anos – e que não foram concluídas?”…enfim, basta ter os dados certos e trabalhar eles de maneira a mostrar ao povo a realidade que o governo se nega a apresentar. Tem que ser didático e objetivo, mas ao mesmo tempo duro, afundar o dedo na ferida.

    Essas perguntas retóricas tem que ser feitas e divulgadas em redes sociais. Elas tem que virar memes da vergonha. A oposição é muito boazinha. Acho que é porque ninguém desse meio tem coragem de atirar a próxima pedra.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: