Guerra Política 2014 – 9 – Auxílio na “criação” de notícias

media-manipulation

Imagine que você seja um designer dependendo de ideias novas, que por vezes não aparecem, para obter seu sustento. Realize agora a situação em que você abra o seu e-mail e comece a receber diariamente sugestões de ótimos designs, de graça, que podem inspirar suas criações. Você ficaria agradecido por isso, não? De jeito algum você definiria esta “ajuda” gratuita como imoral, correto? Ok, agora é a hora de falar da técnica da “criação” de notícias.

***

Basicamente, precisamos primeiro entender como funciona a “criação” de uma notícia, o que não é o mesmo que invenção de fatos. Uma notícia é “criada” a partir do interesse de um jornalista em um assunto, a existência de fatos relacionado a este assunto e uma percepção (por parte deste mesmo jornalista) de que a notícia interessa a uma parte de seu público. Enfim, o jornalista, na melhor das hipóteses, tem interesse em tratar de um assunto, existem fatos relacionados ao assunto e entende que as pessoas vão querer ler a respeito.

É claro que muitos jornalistas possuem suas agendas particulares, podendo omitir notícias, mas se esta agenda particular não entrar em conflito com o assunto e ele perceber o interesse do público, ele receberá empolgado a sugestão de uma nova notícia.

O processo de “criação” de notícias de que falo aqui se baseia em enviar e-mails (ou qualquer outra forma de comunicação rápida) para jornalistas dando-lhes ideia de publicar uma notícia a respeito de um fato que não tenha sido abordado suficientemente pela mídia, em sua percepção. Quer dizer, você dará “idéias” de notícias, auxiliando o jornalista a “criar” uma notícia que provavelmente não surgiria na mente dele se não fosse sua forcinha.

***

Veja o “trailer” para o livro Trust Me I´m Lying, de Ryan Holiday, mostrando o uso desta técnica para a “criação” de notícias falsas (o que é bem diferente do que estou pedindo, pois falo de notícias verdadeiras não abordadas suficientemente pela mídia):

***

Recomendo que você faça um filtro (deixando de lado a oposição ideológica) e assista a um vídeo divulgado pelos socialistas do Portal Vermelho a respeito do poder das redes sociais. Poder este desprezado pela direita. Neste vídeo, temos exemplos (lá pelas tantas) de como os petistas da Internet conseguiram fazer suas notícias serem publicadas na grande mídia:

***

Você pode até alegar que o PT tem uma preferência por parte dos jornalistas, o que é inteiramente verdadeiro. Mas nem todos os jornalistas são petistas, portanto é plenamente possível que executemos o mesmo processo. A pergunta agora é: como?

Simples. Primeiramente, avalie se o conteúdo que você tem em mãos merece vir a se tornar notícia. As opções são múltiplas, podendo incluir:

  • O post de um blog mencionando um aspecto da realidade
  • Um vídeo revelador, podendo ser uma denúncia, ou mesmo a gravação de um ato de vandalismo, ou de um professor doutrinando alunos
  • O resultado de uma investigação particular, com dados

Mas qualquer coisa vale, desde que seja interessante e com potencial de interessar aos leitores.

Em seguida, contacte um jornalista, questionando-o por que ele não tratou do assunto ainda, mandando o link onde ele pode encontrar o conteúdo. O questionamento “por que você você não publicou nada sobre isso?” é útil quando o conteúdo é aparentemente óbvio. Mas outra abordagem pode incluir uma asserção dizendo “você precisa falar disso urgentemente”, novamente com um link para o conteúdo. Seus “alvos” devem estar nos grandes meios de comunicação, como Globo, UOL, Terra e outros. Não deve ser difícil encontrar e-mails de jornalistas, que também podem ser contatados via Twitter e Facebook. Envios organizados a partir de comunidades podem potencializar o resultado.

Muitas das notícias favoráveis ao PT tem surgido assim. Não é justo darmos a eles o monopólio de um recurso tão poderoso. Use e abuse da cobrança sobre jornalistas, além de fornecer-lhes dicas de conteúdo. Muitos deles o agradecerão. E lado político defendido por você também ficará grato.



Categorias:Outros

Tags:, , , , , , ,

7 respostas

  1. Dilma “amarelando” para o Bonner:

    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/dilma-nao-participara-de-entrevista-no-jornal-da-globo/

    O sonho dela é ter uma mídia com jornalistas “competentes” como Moreira Leite, Cynara e Florestan. 😀

    Curtir

  2. Prezado Luciano, fiz um comentário no blog do Aluizio Amorim criticando a campanha que vem fazendo a favor do voto nulo no caso das duas irem para o 2º turno, que publico aqui, e aproveito para sugerir o que mencionei no final sobre a justificativa para que os eleitrouxas votassem pel 2º mandato da desgovernanta:

    Anônimo Roberto Vieira Cavalcanti disse…

    Prezado Aluizio, tenho acompanhado diariamente seu blog desde que vim a ele pelo Blog do Coronel, sempre de acordo com seus posts, isso não me impede de discordar agora. Nesse momento em que a possibilidade de ficarmos livres dessa corja do PT é real, sua postura de votar nulo ou anular o voto que parece, que mesmo sem o seu voto e do seu colega Reinaldo Azevedo já de a muito tempo não fazer nenhum efeito, não está a sua altura. O adversário principal está cambaleante, quase indo a nocaute, a sua postura e a dos que fizerem o mesmo que você, poderá impedir isso, estarão trabalhando contra o futuro do país.
    A esse respeito o blog Ceticismo Político detalha o porquê de não votar nulo ou anular o voto, por isso não vou acrescentar mais nada: https://lucianoayan.com/2014/08/26/discutir-o-que-fazer-no-segundo-turno-provavel-entre-marina-e-dilma-nao-e-um-derrotismo/ e outros posts relacionado a esse.
    Aproveito para comentar o programa do Aécio de hoje, muito bom e, para fazer justiça ao maior eleitor dele no horário político, me refiro ao candidato Fidelis, que antes desmacarava o governo Dilma após sua propaganda do Brasil Maravilha e hoje Marina virou seu alvo. Num eventual governo do Aécio, ainda possível se souberem aproveitar o momento de rescesão técnica, seu nome não poderia ser esquecido.
    Aproveito também para lembrar que é preciso que alguem desmacare o pedido no horário eleitoral, do “coisa ruim”, o ex-presidente, do jeito que só ele faz, raciocinando pelos eleitores ignorantes, aos eleitores, para votar para o segundo mandato da governata comparando o o segundo dele, dizendo que foi muito melhor do que o primero. Em primeiro lugar pelo fato de no primeiro mandato ele não ter feito nada, o Brasil não acompanhava o crescimento do resto do mundo devido crescimento ao chines . Lembro que naquela, época sua única preocupação era acompanhar a avaliação da economia brasileira pelas agencias de avaliação do risco Brasil, tinha medo de fazer alguma coisa que pudesse desagradá-las.Em segundo lugar pelo fato de ele ter enganado os eleitores dele ao pedir que votassem na atual governanta, o primeiro presidente a entregar o Brasil em situação pior do que a que recebeu, que desfilou com ele pelo país durante o período eleitoral apresentada por ele como se o governo naquela epoca fosse dele e dela.”

    Curtir

  3. off:
    Vi Luciano que vc retirou a seção de “rotinas neo ateístas” do blog. Se puder depois disponibilizar esse material de outra forma, como para download, seria bacana. Era um conteúdo do teu blog igualmente bacana, curiosamente cheguei aqui, no ceticismo, foi através de buscas por refutações ao neo ateísmo quando deparei com o antigo blog que vc tinha.

    Abrs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: