Envolvido no escândalo da campanha de Marina e Campos é encontrado morto

A coisa começou a ficar muito sinistra na investigação do escândalo da campanha de Marina Silva e Eduardo Campos, como diz o G1:

O empresário Paulo Cesar de Barros Morato foi encontrado morto na noite desta quarta-feira (22), em um motel no bairro de Sapucaia, em Olinda, Região Metropolitana do Recife, de acordo com a Polícia Federal. Morato era considerado foragido pela PF desde a terça-feira (21), quando foi deflagrada a Operação Turbulência.”Quem vai cuidar da investigação por enquanto é a Polícia Civil. Mas já foi designado um policial federal para acompanhar os trabalhos da perícia. Se for constatado que as circunstâncias da morte têm ligação com a Operação Turbulência, aí Polícia Federal pode entrar nas investigações”, afirmou o assessor de comunicação da PF, Giovani Santoro.

Ainda não se sabe a causa da morte de Morato. Procurada pelo G1, a advogada do empresário, Marcela Moreira Lopes, afirmou que ele já havia tentado suicídio anteriormente.

Um policial civil que participa da ocorrência e prefere não ser identificado contou ao G1 que o empresário deu entrada sozinho no motel na terça-feira (21), por volta das 12h30, e que o corpo não tinha marcas de violência. A polícia foi acionada às 19h desta quarta. Foi encontrado dinheiro no quarto do empresário, mas o valor ainda não foi quantificado pela polícia.

É de arrepiar os cabelos. Há algo de muito estranho nesse caso.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.



Categorias:Uncategorized

5 respostas

  1. Mais uma MORTE. É só mais um aviso.
    A Máfia instalada no Brasil não é de blá-blá-blá .
    Os políticos não estão só com medo de perder os seu mandatos.

    Curtir

  2. Aqui no Brasil, que eu me lembre nenhum crime foi realmente esclarecido, tudo é igualzinho como nos Estados Unidos, que os policiais e os detetives forenses conseguem esclarecer crimes que foram cometidos a anos passados, aqui é igualzinho, mas o detalhes é o avesso do resultado, não consegue esclarecer nada, nem a noticia, que é dada por algum reporter. Este país esta perdido para sempre.

    Curtir

  3. Esses caras fizeram escola com a Biscatina Kirchner e o promotor que ora falavam que era suicidio, ora falavam que não…

    Tem mesmo algo bem podre nessa história, e esperemos que os fatos venham a tona logo.

    Curtir

  4. é a culpada deve ser a dilma, deve ser ela que matou o cara (só se for com o cú), site de merda, tudo, tudo o que acontece de ruim é a dilma e o lula culpados, se estruparem alguém la em cariacica ou no norte de rondônia, é claro os culpados são a dilma e o lula, vão tomar no eletrodo do cú, coxinhas filhas da puta, elite porca, financiadores de tráfico de drogas, roubo de carga e por ai afora, voces são o cancer enraizado no brasil (com b minúsculo), voces que querem os previlégios só para a clase coxinha e elite porca, se houve-se justiça neste país (doce utopia) teria que prender 95% da elite porca e nunca mais soltar (mas com real cuidado, não deixando entrar celular principalmente nas cadeias, hoje o poder paralelo manda no pais, e lógicamente tudo o que acontece nos bastidores (roubo de carga, tráfico, mortes) é financiado pela elite porca, pais de filha da puta, isso aqui não tem jeito não, devia chover pólvora compactada e alguém acender o fosforo.

    Curtir

Trackbacks

  1. Envolvido no escândalo da campanha de Marina e Campos é encontrado morto | luca1105

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: