Simone Tebet demole discurso cínico de petista

11
4

simonetebetemsessao

Fui dar uma olhada no currículo da senadora Simone Nassar Tebet, do PMDB de Mato Grosso do Sul. Foi aí que descobri que ela é advogada e professora. Está explicado a razão pela qual ela explica didaticamente tão bem ao povo o que foram os crimes do PT. Abaixo temos outra explicação sintética (e claríssima) do nível de monstruosidade do discurso daqueles que cinicamente ainda tentam inocentar o PT:

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

11 COMMENTS

  1. Foi bom, mas ela poderia ter sido mais clara e ter feito um discurso melhor:

    Esse fatozinho, não é fatozinho, são fatozões, que ocorreram por anos, com bilhões de reais e prejudicou a vida de milhões de brasileiros, principalmente, a vida de milhões de pobres, que agora sofrem as consequências.

    -02:09 “Fraude fiscal que eu chamo de fraude eleitoral”.
    Correção: Fraude fiscal e eleitoral.

    -1:49 “Por um único decreto e foram três pelos menos”.
    Correção: não foi só um decreto ilegal, mas foram três decretos ilegais.

  2. Neste vídeo a senadora Simone Tebet, simplesmente acaba a com a tese do PT de chamar cansativamente que os outros são ‘golpistas’: foi uma performance política perfeita, revertendo o ganho político.

  3. O PT TEM SUAS TÁTICAS, e não vai abandoná-las por nada! Afinal tais técnicas de manipulação e patrulhamento deram certo. Veja, eis:

    Mia, bebe leite, tudo indica que é um gato; mas o PT afirma: é um cão. Categoricamente”. Clichê, frase-pronta, guerrilha virtual, Ersatzbrot, ardil, arrogância, frase-feita, eis aqui em algumas palavras a essência do PT. Mídia & Comunicação.
    Os “artistas petistas”, mamadores estacionários, e o PRÓPRIO PT não vão abrir mão facilmente da mamata. Vão brigar muito. E manipular a opinião, utilizando todas as vias possíveis (patrulhamento). Veja:

    Mia, bebe leite, tudo indica que é um gato; mas o PT afirma: é um cão.

Deixe uma resposta