Correios entram em crise total. Vão cortar patrocínio e venderão imóveis. É pouco…

2016-922016704-201607072038314355.jpg_20160707

Leia matéria do Globo, mostrando que os Correios estão matando cachorro a grito:

Com um prejuízo de R$ 2,1 bilhões no ano passado e um novo rombo de R$ 900 milhões nos cinco primeiros meses de 2016, os Correios se preparam para mais um tombo nas finanças: terão de provisionar R$ 1,8 bilhão da Reserva Técnica de Serviço Anterior (RTSA), recursos que poderão ser aportados no Postalis, o fundo de pensão dos servidores. Em entrevista ao GLOBO, o presidente da estatal, Guilherme Campos, disse que, para tentar levantar as finanças, a empresa cortará patrocínios, venderá imóveis, cogita empréstimo bancário, renegocia a parceria com o Banco do Brasil no Banco Postal e ainda quer aumentar a participação dos funcionários no plano de saúde.

— As despesas com patrocínio estavam em R$ 300 milhões no ano passado. Este ano estão em R$ 180 milhões e quero baixar o valor pela metade no ano que vem — afirmou o presidente dos Correios. — Chegou aqui a renovação do Aberto de Tênis no Rio no ano que vem. Estamos fora.

Tudo isso, porém, não será suficiente para conseguir dinheiro até setembro. Campos admite que pode faltar dinheiro para pagar os 117,4 mil funcionários da estatal. A folha de pagamento da instituição corresponde a cerca de 60% a 70% do faturamento anual, que está em torno de R$ 10 bilhões.

— A partir de setembro, as coisas começam a se complicar — disse Campos.

Para não atrasar salários, o presidente da empresa pedirá ao Tesouro Nacional a devolução de R$ 3,8 bilhões retirados do caixa no governo anterior. Ele argumentou que, de 2007 a 2013, o Tesouro tirou do caixa dos Correios mais de R$ 6 bilhões. Como, pela legislação em vigor, a estatal teria obrigação de repassar 25% do seu resultado, o Tesouro, afirma, teria retirado R$ 3,8 bilhões a mais.

— A empresa está indo buscar de volta aquilo que foi retirado antecipadamente — resumiu Campos. — Estou começando devagar. Fiz um mês aqui. Paralelamente a isso, temos empréstimo bancário e venda de ativos. Se alguém tiver alguma outra ideia brilhante, pode falar. Além disso, os Correios têm muitos imóveis em várias regiões nobres do Brasil inteiro.

Excesso de despesas com patrocínio de uma empresa monopolista é uma piada surreal. É evidente que o barco iria afundar.

A solução é uma só: desestatizar.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.



Categorias:Uncategorized

5 respostas

  1. A resposta meu amigo, não é desestatizar, mas sim, deixar de roubar…! Como que uma empresa que a vida toda sempre deu Lucros Absurdos ao Governo, assim como a “Grande Petrobrás”, estão falidas…?? Aliás, não apenas essas empresa Estatais, mas o País está à Falência Múltipla dos Órgãos Públicos,…! A Corrupção é Gigantesca, nesse país, é do Tamanho ou Maior que o próprio Brasil,…!!! Não vejo solução, nem á médio ou á longo prazo…!!! O inteiro Sistema Capitalista do Mundo, está à beira do abismo,…! Só os mais preparados, emocionalmente, psicologicamente, mentalmente e ESPIRITUALMENTE, conseguirão passar pelo que virá nos dias futuros,…!!!!!!

    Curtir

  2. Sobre o rombo nos correios, primeiro ao invés de vender o patrimonio da empresa corta todos os patrocínios e invista nos funcionários que ganham a mereca dos dois ou três mil por mês, e corte os salários destes indicados politicos que chega de treze mil há qurenta e seis mil mensais e mais, todos os benefícios, ao invés de jogar nas costas dos menos remunerados todas as despesas, peguem dos wue desviaram todo o fundo do postalis PD, pois falo tudo isso devido estes quse trinta anos de trabalhos nesta empresa, mais uma sugestão põe todos estes técnicos atrás do balcão e nas ruas vender e entregar o fluxo de objetos manipulados por está empresa falida como estão comentando.

    Curtir

  3. os comunas vao falar que tudo é parte da narrativa golpista para poder privatizar a emprsa, kkkkkkkkkkkkk

    agora luciano ayan, vai ate o site do RECLAME AQUI e veja o numero de perguntas respondidas pelos Correios…

    boa qualidade na prestação de serviços ne?

    ai esta a causa!

    Curtir

Trackbacks

  1. Correios entram em crise total. Vão cortar patrocínio e venderão imóveis. É pouco… – martagoulart

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: