Extrema-esquerda impede professor de dar aula na Unicamp

inscricao-unicamp-2016

Mais uma para desmoralizar os arrogantes que se posicionaram contra as iniciativas de uma escola sem partido, conforme vemos na página da USP Livre:

Ontem, dia 11/07/2016, na Unicamp, o professor Ernesto Kemp tentou aplicar exame para seus alunos.

Como sempre, o fascismo dos grevistas o impediu de exercer sua profissão. Grevistas fizeram cordão humano e ainda o acusaram de agredir mulher. Sim, criminosos querem inverter valores e prejudicar o exercício de profissão do professor.

Nós, da USP Livre, nos solidarizamos com o professor Ernesto Kemp e defendemos a expulsão desses baderneiros. Universidade é lugar de pesquisa, não de baderna e militância política!

#SomosTodosErnestoKemp

Veja o vídeo:

Aqui temos dois assuntos a tratar.

O primeiro é a transformação das escolas públicas em território de violência e barbarismo, quase sempre promovidos pela extrema-esquerda. A partidarização nas escolas, incentivada por professores doutrinadores, está transformando esses locais (bancados com nossos impostos, nunca é demais repetir) em áreas inimigas da civilização.

O segundo é a criação de uma cultura orientada a guerra política para os republicanos. O que se vê neste caso é um professor que apenas quer trabalhar, mas não entendeu que os alunos cínicos que faziam greve fariam uso de técnicas de terrorismo (impedindo o direito de ir de vir do professor, inclusive impedindo-o de trabalhar) e ao mesmo tempo jogariam jogos para posarem como vítimas. Se não for esperto, esse professor terá sua vida destruída e perderá o emprego.

Esses alunos precisam ser expulsos e esse vídeo deve ser utilizado como mais evidência de que a doutrinação marxista em escolas públicas criou uma situação que não pode mais ser aceita em um mundo civilizado.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.



Categorias:Uncategorized

9 respostas

  1. Estão transformando as universidades brasileiras em cursos de formação para políticos. De índole autoritária, acham que podem mandar em tudo e em todos. É o futuro Zé Dirceu, é a futura Gleisi Hoffmann, para desserviço do Brasil.

    Curtir

  2. O esquerdinha retardado fdp além de rudo é bunda mole e se esconde atrás de mulher… É duro jogar o jogo político nessas horas… Tem que ter muito sangue de barata…

    Curtir

  3. Avisem a estes aprendizes de ditador, que aqui é um país democrático, que eles leiam a Constituição, se é que sabem ler, ou se são capazes de compreender o que lêem. Os impostos dos contribuintes não é para serem tão mau aplicados,. Que eles vão prá Cuba, que segundo seus doutrinadores tem ensino de qualidade , desocupando as vagas, para quem esta comprometido em estudar, assim como com um futuro.

    Curtir

  4. Que bando de gralha. O pior é que o resto dos alunos não faz nada.

    Curtir

  5. Os bolivarianos perante a derrota estão cada vez mais violentos. Estão perdendo espaço no Executivo e Legislativo federal e partiram para o ataque, em todos os sentidos, via Judiciário e milícias. No âmbito acadêmico elas já são famigeradas pela intolerância e histrionismo, mas as tropas de assalto ao estilo nacional-socialista são ainda mais perigosas. Vejam o que está acontecendo com esta pessoa: http://www.folhamax.com.br/politica/apos-elogiar-bolsonaro-funkeiro-tem-casa-atacada/92112

    Tudo isso passa por uma gradação. Para não voltar muito no tempo, atacaram Eduardo Cunha ilegalmente e quase ninguém o acudiu por conta de seu retrospecto político desabonador. Depois atacaram Bolsonaro ilegalmente à base da perseguição político-judiciária explícita porque este não podia ser acusado de nenhum crime, embora nesse caso muitos abriram os olhos para o que está acontecendo. Agora, partem para a perseguição física a personalidades públicas mais “fracas”, como no caso acima.

    O governo Temer vai ganhar tempo para os conservadores e até adiantará um pouco do trabalho de desbolivarianação do Estado, mas ainda há muito trabalho para fazer.

    Curtir

Trackbacks

  1. Extrema-esquerda impede professor de dar aula na Unicamp – martagoulart
  2. Extrema-esquerda impede professor de dar aula na Unicamp | luca1105
  3. Extrema-esquerda impede professor de dar aula na Unicamp – O Patriota

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: